20/08/2018

Consórcio de imóveis: é possível usá-lo para investimento

Você sabia que para boa parte da população brasileira o tema aposentadoria não gera tanta preocupação, principalmente para os jovens adultos que estão ingressando no mercado de trabalho? Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa feita este ano pelo SPC (Sistema de Proteção ao Cliente) junto com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), oito a cada dez brasileiros não se preparam para a aposentadoria. Intrigante, não?

Uma das justificativas que incentivaram esta pesquisa pode ser o fato de que a renda fornecida pelo o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) para os aposentados que já cumpriram os mais de 30 anos de serviços não é o bastante para manter o mesmo padrão de vida do período produtivo. Com certeza você conhece alguma pessoa que vive falando isso. E não é para menos. Muitos deles, infelizmente, encaram dificuldades para pagar as contas pessoais. E os especialistas afirmam: é preciso pensar em alternativas que complementem a renda para garantir uma segurança financeira.

O aluguel como renda extra

E uma das saídas que nós apresentamos nesse texto é o investimento no mercado imobiliário por meio do consórcio de imóveis. Desta forma, a pessoa pode adquirir cotas, planejar a compra de moradias e contar com uma receita proveniente da cobrança de aluguéis.

Segundo levantamento da ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), a modalidade de consórcio de imóvel é a terceira maior do mercado (15%), perdendo apenas para os consórcios de automóvel (32%) e motocicleta (21%). Ou seja, independentemente da situação financeira que o Brasil esteja vivendo, o mercado imobiliário se mostra sempre como uma boa e segura opção de investimento, onde o dono de imóvel corre poucos riscos de sofrer uma desvalorização grande do seu patrimônio.

Lucro a longo prazo

Outra dica que nós damos para investimento no mercado imobiliário com o objetivo de complementar a renda é adquirir uma carta de consórcio para comprar um terreno em um condomínio fechado. Conforme forem sendo construídas casas ao lado, o seu lote valoriza cada vez mais e você terá a oportunidade de vendê-lo, futuramente, arrecadando um ótimo lucro.

E a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) comprova este fato! Segundo pesquisa realizada pela entidade, em 2018, o mercado de imóveis apresentou uma recuperação: em relação ao ano passado, as vendas de imóveis novos apontaram um crescimento de 22,3% no primeiro trimestre.

Gostou? Este é um investimento planejado e sem os juros. No consórcio, vale destacar que é feito um reajuste periódico na taxa de administração, que serve para manter o equilíbrio na variação dos valores dos imóveis que se alternam por conta da inflação ou de outros fatores do mercado. Ou seja, isso evita que os primeiros contemplados sejam privilegiados em relação aos demais.

O Consórcio Bancorbrás é especialista em cartas de créditos para imóveis com o objetivo de comprar, construir ou reformar. Clique aqui e faça uma simulação.